Fraudes em investimentos financeiros no Brasil: Criptomoedas

Apr 13, 2023

Investir é um tópico que ganhou grande destaque durante os anos de pandemia, com o aumento da procura por livros da área de finanças e do consumo de conteúdo produzido por economistas. 

Há produtos de investimentos disponíveis, dentre eles, as criptomoedas, que podem chamar bastante atenção dos brasileiros. No entanto, em meio a tantas opções, é fundamental estar atento e atualizado para evitar cair em golpes financeiros. 

Em 2020, o Centro de Estudos Comportamentais e Pesquisas (CECOP), ligado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM), realizou uma pesquisa para compreender melhor a questão das fraudes financeiras, que apresenta um grande número de ocorrências no país.

O estudo, que possuiu o objetivo de identificar as caraterísticas comportamentais e sociodemográficas de vítimas de fraudes financeiras, apontou quais são os golpes financeiros mais citados por elas. 

Neste sentido, foi possível chegar à conclusão de que as criptomoedas são o produto de investimentos mais citado em golpes financeiros.

Criptomoedas são o produto de investimentos mais citado

A pesquisa, realizada por meio da plataforma Survey Monkey, enviada para uma base de reclamantes da CVM, a autarquia pode constatar que as criptomoedas aparecem como o produto de investimento mais citado pelas vítimas de fraudes financeiras. 

De acordo com o relatório divulgado pela CVM, as criptomoedas foram mencionadas por cerca de 43% dos participantes da pesquisa. 

Os respondentes se disseram entusiasmados com a proposta disruptiva e inovadora das criptomoedas, que foram vistas como uma alternativa favorável para diversificar o portfólio. 

As principais características de interesse no mercado de criptoativos citadas pelos respondentes foram a escassez, valorização, rentabilidade, segurança e não rastreabilidade. Já os esquemas em que caíram foram vistos como atrativos por oferecerem uma solução prática para a necessidade de acompanhar o mercado com afinco para ter ganhos financeiros.

Além disso, deve-se destacar que houve a menção a outros principais mercados, sendo eles o Forex (29,8%), opções binárias (16,9%) e as ações (15,2%). 

Veja também: Departamento jurídico empresarial: confira a importância desse setor

Quais razões são atribuídas a essa realidade?

O crescimento exponencial das fraudes em investimentos financeiros no Brasil pode ser atribuído a fatores como:

- Falta de educação financeira: Muitas pessoas não compreendem completamente os riscos envolvidos em investimentos financeiros, o que as torna vulneráveis a esquemas fraudulentos.

- Busca por altos retornos: As pessoas muitas vezes estão dispostas a correr riscos em busca de retornos financeiros elevados, o que é explorado por fraudadores em investimentos financeiros.

- Marketing agressivo: Algumas empresas fraudulentas usam técnicas de marketing agressivas e enganosas para atrair investidores, o que pode ser sedutor para algumas pessoas.

- Aumento do acesso à internet: a facilidade de acesso à internet tem permitido que empresas fraudulentas alcancem um número maior de pessoas, especialmente as mais vulneráveis.

- Crises econômicas: períodos de crise econômica podem levar as pessoas a buscar formas mais arriscadas de investir seu dinheiro, o que as torna mais suscetíveis a fraudes.

- Impunidade: a impunidade em relação aos responsáveis por fraudes financeiras pode encorajar a prática desses crimes, uma vez que os responsáveis não são punidos de forma efetiva.

Crescimento das fraudes em investimentos financeiros

É importante estar atento para o crescimento das fraudes em investimentos financeiros, devido aos efeitos negativos que elas podem apresentar para as vítimas. 

Com relação ao aspecto financeiro, 21% dos entrevistados responderam que, à época do envolvimento com a fraude, estavam endividados. Ainda, 7% manifestaram-se dizendo que o objetivo de entrarem no suposto investimento era o de conseguir quitar dívidas. 

Com isso, essa parcela pode ter tido maiores problemas, devido ao esquema fraudulento. No entanto, as consequências não se restringem somente ao lado financeiro, como podem se estender para o abalo em relações familiares e de amizade, já que a indicação de terceiros pode desempenhar um papel relevante nesta situação.

De acordo com a pesquisa, as vítimas de fraudes financeiras, como as de fraudes que envolvem as criptomoedas como produto de investimentos, possuem maior tendência a investirem com base na recomendação de terceiros. 

As vítimas de fraudes demonstraram que já fizeram investimentos com base na indicação de amigos, youtubers, familiares e celebridades. Essas opções correspondem a, respectivamente, 53%, 28%, 16% e 5% das respostas. 

Quanto às perdas financeiras, elas foram diversas, todavia, a maior concentração de respostas indica que os valores perdidos encontram-se na faixa de R$ 10.000,01 a R$ 50.000,00, com 22,5% dos participantes da pesquisa tendo escolhido esta opção.

Como os fraudadores ligados aos golpes financeiros podem contactar vítimas?

Hoje, o fraudador pode contactar as vítimas de vários modos, especialmente no contexto em que mídias sociais se tornam cada vez mais presentes no cotidiano. 

Segundo a pesquisa da CVM, embora a divulgação boca-a-boca ainda seja expressivamente utilizada, com quase 20% dos entrevistados mencionando esta como a maneira de divulgação da fraude, o meio mais citado foi, na verdade, o WhatsApp. Cerca de 27,5% dos entrevistados responderam que tomaram conhecimento do esquema pelo aplicativo de mensagens.

Outros meios citados foram as ligações telefônicas e o e-mail, ambos figurando com 12,4% de menções. 

Além disso, o fraudador não precisa nem mesmo conhecer a vítima: as respostas à pesquisa da CVM indicam que quase 30% das vítimas não conheciam o fraudador.

Criptomoedas como produto de investimentos: caminho é a conscientização

Os resultados da pesquisa realizada pela CVM evidenciam a necessidade de uma maior conscientização da população sobre os riscos e desafios do mercado de criptoativos. As características acima citadas que mais chamam a atenção dos investidores são também as que tornam esse mercado mais vulnerável a fraudes e golpes financeiros.

Em nosso próximo artigo, você poderá conferir mais informações sobre as fraudes financeiras que ocorrem, atualmente, no Brasil. Um dos problemas crescentes são os golpes financeiros em empresas de investimento, e este será o tema da nossa próxima publicação.

O escritório CVD Advogados traz uma série de postagens relevantes em seu blog. Com foco no mercado de recuperação de ativos financeiros, tem forte atuação em casos de investimentos fraudulentos (pirâmides financeiras, esquema Ponzi, falsas corretoras de investimentos, oferta irregular de investimento), além de prestar assessoria jurídica nas áreas de direito trabalhista, previdenciário, empresarial, civil e penal, através de um time de advogados preparados para atender os clientes. Não deixe de conferir todas as áreas de atuação e entre em contato com um dos escritórios de advocacia mais admirados do país.

Veja também: O que é a segregação patrimonial?

Mais artigos CVD